Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Macron na saída do Palácio do Eliseu em Paris 16/4/2018 REUTERS/Charles Platiau

(reuters_tickers)

Por Marine Pennetier

PARIS (Reuters) - O presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou nesta segunda-feira que a França contribuirá com 50 milhões de euros para ajuda humanitária de urgência na Síria após uma reunião com um grupo de organizações não-governamentais (ONGs) em Paris.

"Nesta noite, eu reuni ONGs que trabalham em solo na Síria. Diante da situação humanitária, a França está criando um programa de emergência de 50 milhões de euros", disse Macron em sua conta oficial no Twitter.

Os recursos serão alocados para ONGs e agências da Organização das Nações Unidas que estão trabalhando em solo na Síria, incluindo o escritório da ONU para assuntos humanitários, disse o gabinete do presidente francês.

Cerca de 20 ONGs participaram da reunião com Macron no Palácio do Eliseu, incluindo Action Aid, Handicap International, Cruz Vermelha e Care.

Segundo estimativas da ONU, cerca de 13 milhões de pessoas, incluindo 6 milhões de crianças, estão precisando de ajuda humanitária na Síria, abalada por uma guerra que já dura sete anos e deslocou milhões.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters