Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Ministro de Relações Exteriores da França, Jean-Marc Ayrault. 29/03/2017 REUTERS/Christophe Ena

(reuters_tickers)

PARIS (Reuters) - Serviços de inteligência franceses vão fornecer provas nos próximos dias de que forças do presidente da Síria, Bashar al-Assad, usaram armas químicas em um ataque no dia 4 de abril, informou o ministro de Relações Exteriores da França, Jean-Marc Ayrault, nesta quarta-feira.

"Existe uma investigação encaminhada (pelos) serviços de inteligência da França e pela inteligência militar... é uma questão de dias e nós vamos fornecer provas de que o regime realizou esses ataques", disse Ayrault ao canal de televisão LCP.

"Nós temos elementos que vão nos permitir mostrar que o regime intencionalmente usou armas químicas", disse.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters