PARIS (Reuters) - O presidente da França, Emmanuel Macron, disse neste sábado que aprovou a criação de um comando espacial na Força Aérea Francesa para melhorar a defesa do país.

    Falando com militares um dia antes da parada do Dia da Bastilha, Macron afirmou que a nova doutrina militar de estabelecer um comando espacial vai fortalecer a proteção dos satélites franceses. Ele disse que o investimento envolvido ainda é incerto.

    “Para dar substância a essa doutrina e assegurar o desenvolvimento e reforço das nossas capacidades espaciais, um comando espacial será criado em setembro pela Força Aérea”, disse Macron, acrescentando que o nome da instituição mudará para Força Aérea e Espacial.

    O ministro da Defesa francês, Florence Parly, disse no ano passado que está comprometido em dar à França autonomia na estratégia espacial, devido à crescente ameaça de outras potências de investir na militarização espacial.

    O gasto militar francês de 2019 a 2025 para investimentos e renovação de satélites está orçado em 3,6 bilhões de euros.

    A Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) tem o objetivo de reconhecer neste ano o espaço como um domínio de guerra, disseram à Reuters quatro diplomatas em junho.

    O governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou neste ano um plano para criar, até 2020, uma “Força Espacial” como sexto braço do setor militar.

    (Reportagem de Sophie Louet, Myriam Rivet e Bate Felix)    

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

Suas perguntas se transformam em nossas matérias

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.