Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

PARIS (Reuters) - O candidato presidencial francês François Fillon disse neste domingo que vai permanecer na disputa, mas deixou a porta aberta para conversas com membros do seu partido Os Republicanos, que estão cada vez mais ansiosos por sua candidatura.

Em uma entrevista para a televisão France 2, Fillon foi questionado diretamente se ele iria abandonar. "A resposta é não", disse ele. "Eu não vejo razão para fazer isso."

Ele continuou dizendo que estava aberto a discussões. "Não sou autista", disse ele, "quero convencer meus amigos de que meu programa é o único que pode trazer recuperação para o país."

Em um post no Twitter, alguns minutos após a fala do candidato, o ex-premiê francês Alain Juppé, que foi amplamente citado como eventual substituto de Fillon da disputa, disse que fará uma declaração à imprensa na segunda-feira de manhã.

Em seu pronunciamento, Fillon disse que uma candidatura futura de Juppé não correspondia ao que os eleitores queriam quando o derrotou nas primárias do partido de novembro.

"Se eles quisessem o projeto de Alain Juppé, então votariam por Alain Juppé naquela eleição", disse Fillon.

(Reportagem de Andrew Callus and John Irish)

Reuters