Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

WASHINGTON (Reuters) - Um gato no estado de Iowa foi infectado pelo vírus H1N1, a primeira vez que um felino é diagnosticado com a nova gripe, informou a Associação Americana de Medicina Veterinária nesta quarta-feira.
O gato de 13 anos aparentemente contraiu o vírus de um dos moradores da casa, disse o grupo em comunicado. O animal se recuperou e, aparentemente, não infectou ninguém nem outro animal.
Porcos são a fonte original do vírus H1N1, que já foi encontrado também em um furão, animal especialmente suscetível ao vírus da gripe humana.
"Dois dos três membros da família que é dona do gato sofreram com gripe antes de o gato adoecer", disse em comunicado Ann Garvey, do Departamento de Saúde Pública Veterinária de Iowa.
"Isso não é totalmente inesperado, pois outras cepas de gripe foram encontradas em gatos no passado".
O gato e seus donos já se recuperaram da doença.
Cães e cavalos também podem pegar várias cepas da gripe, embora nenhum desses animais tenha sido diagnosticado com o H1N1 até agora.
"Bichos de estimação que vivem dentro de casa perto de alguém doente correm risco e é aconselhável monitorar a saúde deles para garantir que não estão mostrando sinais da doença", disse o veterinário David Schmitt.
A nova gripe H1N1, popularmente conhecida como gripe suína, é transmitida facilmente entre humanos e infectou milhares de pessoas no mundo desde março, causando a morte de ao menos 5.000 pacientes.

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

Reuters