Navigation

George Clooney rejeita desculpas de jornal por notícia sobre casamento

Este conteúdo foi publicado em 12. julho 2014 - 02:03

NOVA YORK (Reuters) - George Clooney se recusou a aceitar um pedido de desculpas do jornal britânico Daily Mail, que publicou o que o ator disse ser uma falsa história, "insinuando tensões religiosas" ao divulgar que a futura sogra dele se opõe ao seu casamento com a advogada Amal Alamuddin, especializada em direitos humanos.

O ator, ganhador do Oscar, disse que o pedido de desculpas mostrou que o Daily Mail sabia que a história divulgada na Internet na segunda-feira, dizendo que a mãe de Amal preferia que ela se casasse com alguém da religião drusa, praticada pela família, era uma mentira.

"O que separa isso de todas as coisas ridículas que o Mail faz é que agora, pela própria admissão, pode ser provado que é uma mentira. Na realidade, uma mentira premeditada", disse Clooney, de 53 anos, em um comunicado publicado no jornal USA Today nesta sexta-feira.

"Portanto, agradeço ao Mail por suas desculpas. Não que eu fosse aceitá-las...", acrescentou.

A matéria divulgada pelo Mail Online, e não publicada pela versão impressa, disse que Amal poderia ser excluída da comunidade drusa pelo fato de não casar com um druso. E acrescentou que mulheres foram assassinadas por não seguirem as normas religiosas drusas.

Clooney raramente faz comentários sobre sua vida pessoal, mas ele se irritou com o artigo do Mail Online por "insinuar tensões religiosas onde não existe nenhuma".

O Mail Online retirou a matéria de seu website no começo da semana, depois de Clooney dizer que se tratava de uma história fabricada. O jornal pediu desculpas por qualquer incômodo que pudesse ter causado e disse que a notícia fora dada por um jornalista freelancer de confiança, com base em contatos no Líbano e na Grã-Bretanha.

Clooney disse que o Mail sabia que a história era uma mentira e citou outra reportagem que o jornal havia publicado em abril, que dizia que o pai de Amal não havia casado de acordo com os preceitos da religião drusa e a mãe dela não é drusa.

O Daily Mail não se pronunciou de imediato sobre os comentários de Clooney.

(Reportagem de Patricia Reaney)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.