Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Por Jim Forsyth

SAN ANTONIO (Reuters) - Autoridades norte-americanas alertaram neste domingo que golpistas estão tentando atacar famílias de algumas das dezenas de crianças imigrantes que cruzam a fronteira da América Latina desacompanhadas, em busca de dinheiro para custos de viagem falsos. 

Uma autoridade do Escritório Federal de Investigação em San Antonio disse que os investigadores descobriram dois esquemas similares de fraude que visam membros familiares de crianças que estão vivendo ilegalmente nos Estados Unidos.

"Um esquema envolve indivíduos que alegam estar representando uma organização não governamental de caridade, que supostamente ajuda no processo e na reunião de crianças com suas famílias", disse a agente especial Michelle Lee.

Outro esquema usa o que Lee descreve como "identificador de chamada enganoso" para fazer aparecer que as chamadas vêm de uma empresa em San Antonio, a qual ela não nomeou, em uma tentativa de dar credibilidade ao esquema.

Lee disse que os golpistas pedem às famílias de jovens imigrantes que paguem entre 300 e milhares de dólares, afirmando que o dinheiro é para cobrir custos de viagem.

Os Estados Unidos têm enfrentado um aumento da chegada de crianças desacompanhadas vindas da Guatemala, El Salvador e Honduras, com cerca de 90 mil esperadas para chegar até o final de setembro, de acordo com estimativas da Casa Branca.

Reuters