Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Guarda ucraniano deixa sede da guarda de fronteira que, segundo a Ucrânia, foi atacada por disparos de território russo. 08/08/2014 REUTERS/Valentyn Ogirenko

(reuters_tickers)

KIEV (Reuters) - Um total de 568 militares do governo da Ucrânia morreu desde o início dos confrontos com os separatistas pró-Rússia em maio, disse um porta-voz das Forças Armadas nesta segunda-feira.

O número é maior do que o estimado anteriormente.

O porta-voz, Andriy Lysenkom, disse que outros 2.120 homens ficaram feridos. Agências da ONU dizem que mais de 1.100 pessoas morreram desde o início do conflito no leste da Ucrânia, incluindo militares, combatentes rebeldes e civis.

(Por Richard Balmforth)

Reuters