Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Manifestante segura bandeira separatista da Catalunha durante protesto em Barcelona, Espanha 19/10/2017 REUTERS/Ivan Alvarado

(reuters_tickers)

MADRI (Reuters) - O governo central da Espanha concordou com o oposicionista Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) em realizar eleições regionais na Catalunha em janeiro, como parte do pacote de medidas extraordinárias para impor temporariamente o controle direto sobre a região, afirmou a política socialista Carmen Calvo em entrevista à televisão estatal, nesta sexta-feira.

O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, realizará uma reunião especial de gabinete no sábado para iniciar o processo de suspensão da autonomia da Catalunha, depois que o líder catalão, Carles Puigdemont, se recusou a abandonar sua campanha de separação do restante da Espanha.

(Reportagem de Sonya Dowsett)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters