Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

WASHINGTON (Reuters) - O governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, vai recorrer à Suprema Corte do país para bloquear uma decisão de um juiz norte-americano sobre as restrições de viagens e de entrada de refugiados defendidas por Trump, disse o secretário de Justiça, Jeff Sessions, nesta sexta-feira.

A decisão do juiz distrital Derrick Watson em Honolulu, no Havaí, disse que a restrição às viagens de pessoas de seis países de maioria muçulmana não pode impedir que avôs e outros parentes de cidadãos norte-americanos entrem nos EUA.

"A Suprema Corte já teve de corrigir essa instância inferior uma vez, e agora vamos relutantemente voltar diretamente à Suprema Corte para novamente exigir a restituição do Estado de Direito e do dever que o Executivo tem de proteger a nação", disse Sessions em comunicado.

(Reportagem de Yeganeh Torbati)

Reuters