Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Por Hesham Hajali e Nidal al-Mughrabi

CAIRO/GAZA (Reuters) - As facções palestinas rivais Hamas e Fatah fecharam nesta quinta-feira um acordo de reconciliação política, depois que o grupo militante Hamas aceitou entregar o controle administrativo da Faixa de Gaza, que estava sob seu domínio há mais de uma década.

O líder do Hamas, Ismail Haniyeh, anunciou o acordo mediado pelo Egito por meio de um comunicado sem muitos detalhes sobre o pacto, que prevê englobar assuntos administrativos, de segurança e de fronteira na Faixa de Gaza.

O Fatah, uma facção secular, perdeu o controle da Faixa de Gaza para o Hamas, que é considerado um grupo terrorista por Israel e por potências ocidentais, durante uma breve guerra civil em 2007.

No entanto, no mês passado o Hamas aceitou ceder o poder do enclave ao governo do presidente palestino, Mahmoud Abbas, que tem o apoio do Fatah.

"O presidente recebe com satisfação o acordo alcançado no Cairo entre as delegações de Fatah e Hamas, e instruiu a delegação do Fatah a assinar imediatamente o acordo", disse à Reuters um funcionário do gabinete de Abbas.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters