Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Imigrantes chegam em uma base naval após serem resgatados pela guarda costeira da Líbia, em Trípoli 29/08/2017 REUTERS/Hani Amara

(reuters_tickers)

TRÍPOLI (Reuters) - A guarda costeira da Líbia resgatou nesta terça-feira quase 500 imigrantes à deriva a oeste da capital Trípoli, disse um porta-voz, chamando atenção para o desafio de tentar reduzir o êxodo da África e do Oriente Médio.

Entre os imigrantes estavam pessoas de países subsaarianos, do Egito, do Marrocos e da Tunísia.

"A Guarda Costeira resgatou no início da manhã de hoje 140 imigrantes ilegais a oeste de Trípoli, e outro grupo de 164 imigrantes foi resgatado de Sabratha, incluindo sete mulheres e seis crianças", disse um porta-voz das forças navais da Líbia à Reuters.

Em seguida, outro grupo de 150 pessoas foi resgatado em Trípoli.

Centenas de milhares de imigrantes cruzaram o deserto da Líbia e entraram em frágeis barcos no Mediterrâneo na esperança de chegarem até a Europa nos últimos anos.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters