Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Por Ellen Francis

BEIRUTE (Reuters) - O líder do Hezbollah disse nesta quarta-feira que o grupo libanês está perto de derrotar militantes da Frente Nusra na batalha ao longo da fronteira entre Síria e Líbano.

“Estamos perto de uma vitória militar muito grande”, disse Sayyed Hassan Nasrallah em discurso televisionado. Os militantes “perderam efetivamente” maior parte das terras que possuíam na montanhosa e árida região fronteiriça de Jroud Arsal, acrescentou.

Assim que o confronto terminar, o Hezbollah, xiita e apoiado pelo Irã, estará pronto para entregar território que capturou caso o Exército libanês peça, disse.

O Hezbollah teve rápidos avanços desde que iniciou uma ofensiva com o Exército sírio na sexta-feira para afastar militantes sunitas do último reduto ao longo da fronteira.

Nos arredores da cidade libanesa de Arsal, a operação teve foco na ex-Frente Nusra, ramificação síria da al Qaeda até o ano passado, quando rompeu laços e trocou de nome. A próxima fase deve ter como alvo um enclave próximo que está nas mãos de militantes do Estado Islâmico.

O Exército libanês, um grande recebedor de apoio militar dos Estados Unidos e Reino Unido, não participou da ofensiva e estabeleceu posições defensivas em torno de Arsal, que Nasrallah descreveu como essencial.

Negociações tiveram início na terça-feira entre autoridades libanesas e a Frente Nusra sobre a retirada dos militantes remanescentes para territórios tomados por insurgentes na Síria, disse Nasrallah. 

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters