Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

PARIS (Reuters) - O presidente francês, François Hollande, reagiu aos comentários de Donald Trump de que "Paris não era mais Paris" depois dos ataques terroristas de grupos radicais islâmicos cobrando apoio a países aliados.

"Há terrorismo e temos que lutar contra isso juntos. Eu acredito que nunca é bom mostrar o menor sinal de provocação a um país aliado. Eu não faria isso com os Estados Unidos e estou insistindo com o presidente dos Estados Unidos a não fazer isso com a França", disse Hollande.

"Não farei comparações, mas aqui as pessoas não tem acesso a armas. Aqui, você não tem pessoas abrindo fogo em uma multidão simplesmente pela satisfação de causar drama e tragédia", disse o presidente francês respondendo a perguntas durante uma visita a Feira de Agricultura de Paris.

Durante um discurso na Conferência da Ação Política Conservadora, na sexta, Trump repetiu suas críticas a maneira da Europa lidar com os ataques de grupos radicais islâmicos dizendo que um amigo não queria mais levar sua família a Paris.

Mais de 200 pessoas morreram em uma série de ataques na França desde o começo de 2015 e o país está em estado de emergência desde novembro do mesmo ano.

(Por Bate Felix e Pascale Antonie)

Reuters