Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

LONDRES (Reuters) - Um homem foi detido neste sábado após 11 pessoas ficarem feridas em uma colisão com um carro perto do Museu de História Natural de Londres, uma das principais áreas turísticas da cidade, mas a polícia local descartou a hipótese de terrorismo.

A polícia disse que é provável que o carro tenha invadido a calçada e colidido com vários pedestres.

"O incidente foi um acidente de trânsito e não tem relação com terrorismo", informou a polícia, em comunicado.

O museu, um dos mais populares do país, afirmou, em nota: "Um veículo colidiu com pedestres perto da entrada principal do Museu de História Natural, na Exhibition Road".

O serviço de ambulâncias de Londres disse ter atendido 11 pessoas, a maioria com machucados na cabeça e nas pernas, com nove delas sendo levadas para hospitais.

Uma foto não verificada do incidente, ocorrido em South Kensington, na zona oeste de Londres, mostrou um homem deitado no chão e detido por o que parecem ser quatro seguranças ou policiais.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, estava sendo atualizada sobre o assunto, disse um porta-voz, acrescentando que isso é um procedimento normal em tais circunstâncias, enquanto o prefeito de Londres, Sadiq Khan, afirmou que estava em contato direto com as autoridades policias.

(Por Michael Holden)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters