Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Casa Branca é vista através do portão principal em Washington 10/09/2007 REUTERS/Jonathan Ernst

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - Um homem do Texas suspeito de viajar a Washington para matar "todos os policiais brancos" na Casa Branca, foi preso na segunda-feira por agentes do Serviço Secreto perto da residência presidencial norte-americana, informou a agência.

Michael Arega, cuja idade não foi revelada por autoridades, foi preso na tarde de segunda-feira depois que a polícia de Montgomery County, Maryland, emitiu um alerta para o suspeito na área de Washington, afirmou o Serviço Secreto.

"A equipe do Serviço Secreto na Casa Branca imediatamente aumentou sua postura de prontidão e começou a buscar por Arega", disse a agência em comunicado.

Pouco depois de uma hora após receberem o boletim, agentes viram Arega no lado norte da avenida Pennsylvania, perto da Praça Lafayette, um parque que fica do outro lado da rua da Casa Branca, e ele foi detido sem incidente por agentes do Serviço Secreto, disse a agência.

Arega não estava armado quando foi preso, e está sob investigação por supostamente fazer ameaças criminosas, disse o porta-voz do Serviço Secreto, Shawn Holtzclaw, à Reuters por telefone.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters