Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Vista geral da Grande Mesquita de Meca 9/9/2016 REUTERS/Ahmed Jadallah

(reuters_tickers)

DUBAI (Reuters) - Forças de segurança da Arábia Saudita frustraram um ataque suicida contra a Grande Mesquita na cidade sagrada muçulmana de Meca, encurralando o suspeito em um apartamento, onde ele se explodiu, informou o Ministério do Interior.

Em um comunicado lido na TV estatal, o ministério informou que três células haviam planejado o ataque contra fiéis e forças da segurança na mesquita, conforme o mês sagrado muçulmano do Ramadã chega ao seu ponto principal.

O suspeito encurralado trocou tiros com as forças de segurança e então detonou explosivos quando estava cercado em uma casa no bairro central de Ajyad al-Masafi, em Meca, próximo à mesquita. O local havia sido usado como a base para o ataque, segundo o ministério.

A construção desabou, ferindo seis estrangeiros e cinco membros das forças de segurança.

Anteriormente nesta sexta-feira, forças de segurança mataram a tiros um homem procurado que estava em outro possível esconderijo militante islâmico no bairro de al-Aseelah, em Meca.

Cinco possíveis militantes, incluindo uma mulher, foram presos, segundo as forças de segurança.

O mês de jejuns termina com o feriado de Eid-al-Fitr, esperado para ser no domingo. Monarcas sauditas normalmente passam os últimos dez dias do Ramadã em Meca.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters