Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BERLIM (Reuters) - Um hospital de Berlim onde está uma mulher doente inicialmente tratada como um caso suspeito de Ebola disse que ela não parece ter o vírus mortal e que não esteve na região da epidemia na África Ocidental.

Os serviços de emergência na capital alemã momentaneamente isolaram um centro de empregos e levaram uma mulher com sintomas que incluíam febre alta para o hospital Charite.

Uma porta-voz do hospital disse mais tarde que a mulher, cujo nome não foi divulgado, provavelmente estava com uma infecção no estômago, mas que o Ebola não poderia ser descartado formalmente até a análise dos resultados de um exame de sangue.

"Neste momento, os especialistas do Charite não consideram que seja Ebola", afirmou a porta-voz do hospital em um comunicado. "A paciente não esteve em uma região afetada."

(Reportagem de Stephen Brown)

Reuters