Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

NOVA YORK (Reuters) - Um hospital de Nova York informou nesta segunda-feira que está fazendo exames em um paciente que viajou para um país da África Ocidental, onde há um surto do vírus Ebola.

O hospital Mount Sinai disse que o paciente do sexo masculino, que estava com febre alta e sintomas gastrointestinais, foi colocado em isolamento rigoroso e estava passando por exames para determinar a causa dos sintomas.

O paciente de Nova York amplia as preocupações sobre a doença, após dois agentes de saúde norte-americanos terem contraído Ebola na África Ocidental, para onde tinham viajado para ajudar a combater a doença, que já matou quase 900 pessoas desde fevereiro.

Não há cura comprovada para o Ebola, e a taxa de mortalidade da epidemia atual é de cerca de 60 por cento, dizem os especialistas.

(Reportagem de Barbara Goldberg)

Reuters