Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Sede do HSBC em Londres. 15/02/2015 REUTERS/Peter Nicholls/Files

(reuters_tickers)

DAVOS, Suíça (Reuters) - O HSBC vai transferir funcionários responsáveis ​​pela gestão de cerca de um quinto de sua receita com operações de mercado (trading) com sede no Reino Unido para Paris após a saída britânica da União Europeia, disse nesta quarta-feira o presidente-executivo, Stuart Gulliver.

"Não vamos mudar este ano e talvez nem no próximo ano", disse Gulliver em entrevista no âmbito da reunião anual do Fórum Econômico Mundial, em Davos.

"Vamos mudar em cerca de dois anos quando o Brexit se tornar efetivo", acrescentou Gulliver.

O HSBC, o maior banco da Europa, tem todas as licenças necessárias para tal movimento, disse Gulliver, e só precisaria criar uma chamada holding intermediária na França, algo que deve levar apenas alguns meses.

A divisão global de banco de investimento e mercados do HSBC, que abriga esses empregos, obteve lucros de 384 milhões de dólares no Reino Unido em 2015, de acordo com documento da empresa.

(Reportagem de Pamela Barbaglia)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters