Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Bombeiros apagam incêndio que destruiu campo de imigrantes no norte da França. 11/04/2017 REUTERS/Pascal Rossignol

(reuters_tickers)

Por Pierre Savary

LILLE (Reuters) - Um incêndio devastou durante a noite a maior parte do acampamento de imigrantes Grande-Synthe, no norte da França, após uma briga entre moradores que deixou vários feridos, disse a principal autoridade pública da região na manhã desta terça-feira.

O campo, montado apenas um ano atrás e equipado com cabanas de madeira e saneamento, abrigava aproximadamente 1.500 pessoas.

"O campo foi amplamente destruído", disse Michel Lalande, chefe da região norte da França, por telefone, acrescentando que o incêndio ocorreu logo após uma briga entre afegãos e curdos do acampamento.

O Grande-Synthe abrigava um dos maiores grupos de imigrantes da costa francesa vinculados ao Reino Unido, depois do fechamento, em outubro do ano passado, da favela que se alastrou na entorno do porto de Calais, na França.

Segundo Lalande, cinco pessoas ficaram feridas como resultado do incêndio. O chefe da região disse a jornalistas que é improvável que o campo, montado pela organização Médicos Sem Fronteiras, seja reconstruído. Os imigrantes foram levados para abrigos temporários próximos ao acampamento.

Na semana passada, alguns dos moradores do local tentaram bloquear uma rodovia próxima com três troncos e galhos em uma tentativa de interromper o trânsito e invadir caminhões e carros com a esperança de chegar ao Reino Unido.

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

Reuters