Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

ATENAS (Reuters) - Um incêndio florestal atinge a ilha grega de Citera, neste sábado, sendo impulsionado por fortes ventos e obrigando dezenas de moradores a saírem de suas casas.

O estado de emergência foi declarado em toda ilha, que fica entre a Grécia continental e a ilha de Creta.

Ventos que mudam rapidamente de direção e o terreno acidentado, com pequenas comunidades afastadas entre si, dificultam o combate às chamas.

“O perímetro do fogo está muito grande”, disse Stavroulla Maliri, uma porta-voz dos bombeiros, à TV grega SKAI. As equipes locais de combate às chamas solicitaram reforços de outras áreas.

O incêndio começou no oeste da ilha, no início de sexta-feira, e ganhou novo ímpeto neste sábado. As autoridade informaram que ordenaram a retirada dos moradores de dois vilarejos, por precaução.

A Grécia tradicionalmente sofre com incêndios florestais no final de julho e início de agosto, devido às altas temperaturas, que podem ultrapassar os 40 graus Celsius.

(Reportagem de Michele Kambas)

Reuters