Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

ATENAS (Reuters) - Um incêndio florestal atinge a ilha grega de Citera, neste sábado, sendo impulsionado por fortes ventos e obrigando dezenas de moradores a saírem de suas casas.

O estado de emergência foi declarado em toda ilha, que fica entre a Grécia continental e a ilha de Creta.

Ventos que mudam rapidamente de direção e o terreno acidentado, com pequenas comunidades afastadas entre si, dificultam o combate às chamas.

“O perímetro do fogo está muito grande”, disse Stavroulla Maliri, uma porta-voz dos bombeiros, à TV grega SKAI. As equipes locais de combate às chamas solicitaram reforços de outras áreas.

O incêndio começou no oeste da ilha, no início de sexta-feira, e ganhou novo ímpeto neste sábado. As autoridade informaram que ordenaram a retirada dos moradores de dois vilarejos, por precaução.

A Grécia tradicionalmente sofre com incêndios florestais no final de julho e início de agosto, devido às altas temperaturas, que podem ultrapassar os 40 graus Celsius.

(Reportagem de Michele Kambas)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters