Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BERLIM (Reuters) - O ex-presidente do Parlamento Europeu Martin Schulz, indicado para liderar o partido alemão Social Democrata contra a chanceler Angela Merkel, afirmou neste domingo que lutará por mais igualdade e para superar as "profundas divisões" na Alemanha.

Schulz disse a uma multidão de mais de mil pessoas no escritório do partido em Berlim que lutará por regras tributárias mais justas e para garantir que a população em áreas rurais tenha os mesmos benefícios das cidades grandes.

Ele também pediu maior solidariedade na Europa em relação à questão dos imigrantes.

(Reportagem de Andrea Shalal)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters