Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

TEERÃ (Reuters) - O Irã poderá recorrer a medidas legais se a Rússia se recusar a cumprir o compromisso assumido de entregar à República Islâmica um sistema avançado de defesa antimísseis, disse nesta terça-feira um alto funcionário militar iraniano.
Autoridades iranianas vêm expressando frustração crescente diante do fato de a Rússia até agora não ter fornecido o sistema avançado S-300 de defesa antimísseis, que Israel e os Estados Unidos não querem que Teerã tenha.
"Com certeza sob pressão do lobby sionista e dos EUA, os russos estão se recusando a cumprir seus compromissos assumidos", disse o general Mohammad Hassan Mansourian, segundo a agência de notícias IRNA.
"E, como trata-se de um acordo oficial, seu não cumprimento poderá ser punido através de organismos legais internacionais", disse o general, que é vice-comandante da defesa aérea do Irã.
(Reportagem de Parisa Hafezi)

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

Reuters