Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Presidente iraniano, Hassan Rouhani, durante coletiva de imprensa em Teerã 22/05/2017 TIMA via REUTERS

(reuters_tickers)

DUBAI (Reuters) - O Irã pode abandonar o acordo nuclear com potências mundiais "dentro de horas" se os Estados Unidos continuarem impondo sanções adicionas, disse o presidente iraniano, Hassan Rouhani, nesta terça-feira.

"Se a América quer voltar para a experiência (de impor sanções), o Irã certamente voltaria em pouco tempo --não em uma semana ou um mês, mas dentro de horas-- a condições mais avançadas do que antes do começo das negociações", disse Rouhani ao Parlamento, em sessão transmitida ao vivo na televisão estatal.

O Irã diz que as novas sanções norte-americanas quebram o acordo fechado em 2015 com os Estados Unidos, Rússia, China e três potências europeias, pelo qual concordou em desacelerar seus trabalhos nucleares em troca da suspensão da maior parte das sanções.

O Tesouro dos Estados Unidos impôs sanções contra três companhias iranianas no final de julho por seu papel no desenvolvimento de um programa de míssil balístico depois que Teerã lançou um foguete capaz de colocar um satélite em órbita.

(Redação de Dubai)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters