Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BEIRUTE (Reuters) - Os militares do Irã proibiram o uso de drones sem autorização na capital Teerã depois de vários incidentes de segurança causados pelas aeronaves não-tripuladas, que são cada vez mais populares entre curiosos e cineastas.

O Estado-Maior das Forças Armadas iranianas emitiu um edital que diz que os drones só podem ser utilizados se tiverem recebido permissões de um de dois ministérios ou da emissora estatal, informou um comandante da Guarda Revolucionária nesta segunda-feira.

"Pilotar quadcópteros privados e pessoais... é proibido em Teerã", disse Seyed Ali Reza Rabiei, comandante de operações da base militar de Tharallah, em Teerã, segundo o site de notícias Tasnim.

Em dezembro, forças de segurança do país abateram um drone que se aproximou dos escritórios do presidente e do líder supremo na capital. Mais tarde a mídia relatou que a aeronave estava sendo operada por uma equipe de filmagem que gravava imagens aéreas para um documentário.

No mês passado, forças de segurança dispararam contra um quadcóptero que entrou em uma zona restrita do centro de Teerã e em seguida se afastou.

(Por Babak Dehghanpisheh)

Reuters