Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Tanque do Exército iraquiano é visto nas redondezas de Kirkuk, no Iraque 17/10/2017 REUTERS/Alaa Al-Marjani

(reuters_tickers)

Por Raya Jalabi

ERBIL, Iraque (Reuters) - Forças do Iraque entraram em al-Qaim, um dos últimos territórios do país ainda controlados por militantes do Estado Islâmico, informou o Comando de Operações Conjuntas nesta sexta-feira.

Unidades do Exército iraquiano, serviços de contra-terrorismo, forças tribais sunitas e o grupo Mobilização Popular, apoiado pelo Irã, estão participando de uma ofensiva para recapturar al-Qaim e Rawa, duas cidades na área de fronteira com a Síria.

Apoiando a ofensiva, a coalizão militar internacional liderada pelos Estados Unidos, que tem realizado uma campanha aérea contra o Estado Islâmico tanto na Síria como no Iraque desde 2014, disse em comunicado que estima-se que aproximadamente 1.500 militantes do Estado Islâmico permanecerão na cidade vizinha de al-Qaim.

Operações para retirar os militantes de seus últimos redutos no Iraque têm continuado, apesar de um paralelo avanço militar no território controlado por curdos no norte do país.

(Reportagem de Raya Jalabi)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters