Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BAGDA/ERBIL (Reuters) - Forças de segurança iraquianas lançaram uma ofensiva para retomar a cidade de Tal Afar, neste domingo, o próximo objetivo da campanha apoiada pelos EUA para derrotar militantes do Estado Islâmico, informou o primeiro-ministro Haider al-Abadi.

"Rendam-se ou morram", declarou Abadi em um discurso pela TV, ameaçando os jihadistas.

Uma antiga fortaleza de insurgentes muçulmanos sunitas, Tal Afar, a 80 quilômetros a oeste de Mosul, no norte do Iraque, tem vivenciado ciclos de violência sectária entre sunitas e xiitas muçulmanos, após a invasão liderada pelos EUA ao Iraque em 2003. A região gerou alguns dos comandantes de maior patente do Estado Islâmico.

A cidade foi apartada do resto do território sob domínio do Estado Islâmico em junho. Ela está rodeada por tropas do governo iraquiano e voluntários xiitas ao sul, e combatentes curdos peshmerga ao norte.

Horas após o anúncio de Abadi, as forças áreas jogaram panfletos sobre a região informando as pessoas para terem precaução.

"Preparem-se, a batalha é iminente e a vitória está a caminho, pela vontade de Deus", diziam os panfletos.

Cerca de 2.000 combatentes continuam em Tal Afar, de acordo com comandantes dos exércitos norte-americano e iraquiano.

(Por Raya Jalabi e Phil Stewart)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters