Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

TÓQUIO (Reuters) - O secretário de gabinete do Japão, Yoshihide Suga, disse na terça-feira (horário local) que o mais recente lançamento de míssil da Coreia do Norte é uma ameaça que Tóquio responderá firmemente.

"Este lançamento de míssil balístico pareceu sobrevoar nosso território. É uma ameaça sem precedentes, séria e grave para nossa nação", disse o principal porta-voz do governo a repórteres.

O Japão protesta contra o disparo nos termos mais fortes, afirmou Suga, chamando de clara violação das resoluções da Organização das Nações Unidas. O Japão trabalhará em estreita colaboração com Estados Unidos, Coreia do Sul e outras nações envolvidas para decidir uma resposta oportuna e apropriada, disse ele.

O míssil foi disparado por volta de 5h58 no Japão (17h58 no horário de Brasília), voou sobre a ilha principal mais ao norte de Hokkaido por volta das 6h06 e caiu na água cerca de 1.180 km a leste do Cabo Erimo por volta das 6h12, disse Suga.

(Por William Mallard)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters