Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

TÓQUIO (Reuters) - O secretário de gabinete do Japão, Yoshihide Suga, disse na terça-feira (horário local) que o mais recente lançamento de míssil da Coreia do Norte é uma ameaça que Tóquio responderá firmemente.

"Este lançamento de míssil balístico pareceu sobrevoar nosso território. É uma ameaça sem precedentes, séria e grave para nossa nação", disse o principal porta-voz do governo a repórteres.

O Japão protesta contra o disparo nos termos mais fortes, afirmou Suga, chamando de clara violação das resoluções da Organização das Nações Unidas. O Japão trabalhará em estreita colaboração com Estados Unidos, Coreia do Sul e outras nações envolvidas para decidir uma resposta oportuna e apropriada, disse ele.

O míssil foi disparado por volta de 5h58 no Japão (17h58 no horário de Brasília), voou sobre a ilha principal mais ao norte de Hokkaido por volta das 6h06 e caiu na água cerca de 1.180 km a leste do Cabo Erimo por volta das 6h12, disse Suga.

(Por William Mallard)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters