Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

NOVA YORK (Reuters) - O músico Jason Aldean, que se apresentava no palco no momento em que um homem abriu fogo contra o público em um show em Las Vegas matando 58 pessoas, fez uma aparição surpresa no "Saturday Night Live" e homenageou as vítimas do pior massacre a tiros da história moderna dos EUA com uma música de Tom Petty, que morreu na semana passada.

"Assim como todos, estou lutando para entender o que aconteceu naquela noite e como juntar as peças e começar a superar", disse Aldean ao abrir o programa de humor da TV norte-americana, na noite de sábado.

"Muitas pessoas estão feridas", disse Aldean em sua primeira apresentação pública desde o tiroteio, há quase uma semana, no festival de música country Route 91 Harvest.

"São todos parte da nossa família. Então quero dizer que é dolorido para nós", disse antes de cantar "I Will not Back Down", de Petty, que morreu na segunda-feira, aos 66 anos, um dia após o massacre de Las Vegas em que cerca de 500 pessoas ficaram feridas.

No início desta semana, Aldean cancelou três shows para homenagear as vítimas do massacre. A turnê "The Do not Know Tour" será retomado em Tulsa, Oklahoma, em 12 de outubro.

(Por Chris Michaud)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters