Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BEIRUTE (Reuters) - Um grupo jihadista atacou e tomou posições de grupos do Exército Livre da Síria que estão participando de conversas de paz no Cazaquistão, disseram autoridades rebeldes nesta terça-feira.

Não foi possível contatar representantes do grupo jihadista, o Jabhat Fateh al-Sham, de imediato, para obter comentários. O Fateh al-Sham era conhecido como Frente Al-Nusra e mudou de nome depois de cortar relações com a Al Qaeda no ano passado.

Uma autoridade de uma das facções rebeldes, a Jabha Shamiya, disse à Reuters que o ataque em áreas rurais a oeste de Aleppo começou de segunda para terça-feira e que foi a primeira vez que o Fateh al-Sham atacou grupos do Exército Livre da Síria naquela área.

O comandante de um segundo grupo rebelde do Exército Livre da Síria o Jaish al-Mujahideen, disse à Reuters que o Fateh al-Sham pretende "eliminar a revolução" e que o grupo ocupou "algumas posições", embora estas se encontrem longe de seu quartel-general.

(Por Tom Perry)

Reuters