Navigation

Juiz rejeita ação civil de Trump para bloquear intimação sobre entrega de declarações de impostos

Presidente dos EUA, Donald Trump, na Casa Branca 19/08/2020 REUTERS/Tom Brenner reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 20. agosto 2020 - 16:05

Por Karen Freifeld e Jonathan Stempel

(Reuters) - Um juiz dos Estados Unidos rejeitou nesta quinta-feira uma ação civil do presidente Donald Trump que tentou impedir o cumprimento de uma intimação emitida por um grande júri que solicitou oito anos de suas declarações de impostos pessoas e corporativos.

O juiz Victor Marrero disse que fazer tal concessão a Trump seria uma "ampliação indevida" da imunidade presidencial.

Jay Sekulow, um advogado de Trump, disse à Reuters que o presidente apelará do veredicto e que tentará adiar o cumprimento da intimação.

A intimação está ligada a uma investigação do procurador-geral de Manhattan, Cyrus Vance. Em um documento legal registrado no mês passado, Vance disse sua investigação tem relação com "uma suposta fraude securitária e bancária da Organização Trump e seus funcionários", entre outras coisas.

O porta-voz de Vance não quis comentar.

Trump, que buscará a reeleição em novembro, vem combatendo os esforços de parlamentares e procuradores para obter suas declarações de impostos, que devem dar esclarecimentos sobre suas transações financeiras. Ele também desafia um precedente de décadas de candidatos presidenciais ao se recusar a revelar tais documentos.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.