Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

MADRI (Reuters) - A Justiça espanhola emitiu um mandado de prisão para o líder destituído da Catalunha Carles Puigdemont e quatro de seus ex-conselheiros, todos atualmente na Bélgica, informou o Tribunal Superior em um comunicado na sexta-feira.

Puigdemont partiu para a Bélgica depois que o governo regional da Catalunha foi destituído pelo primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, horas depois que o Parlamento catalão fez uma declaração unilateral de independência na sexta-feira passada.

Puigdemont e seus associados enfrentam acusações de rebelião, sedição e uso indevido de fundos públicos. A Justiça rejeitou o pedido do ex-líder catalão para depor por meio de videoconferência da Bélgica.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters