Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

MOSCOU (Reuters) - O governo russo informou nesta sexta-feira que as alegações feitas pelo secretário de Defesa britânico, Michael Fallon, de que a Rússia estaria espalhando mentiras e usando hackers em ataques virtuais, eram "infundadas" e motivo de pesar.

Fallon afirmou na noite de quinta-feira que o presidente russo, Vladimir Putin, escolheu tornar-se um competidor estratégico do Ocidente desde o colapso da União Soviética, em 1991.

"Nós manifestamos pesar por essa postura hostil do ministro. Estamos certos de que tais alegações são infundadas", afirmou o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, em teleconferência com repórteres.

(Por Denis Pinchuk)

Reuters