Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, durante coletiva de imprensa em Sochi, na Rússia. 19/05/2016 REUTERS/Sergei Karpukhin

(reuters_tickers)

MOSCOU (Reuters) - O Kremlin disse nesta quarta-feira que espera que o encontro planejado para esta semana entre o presidente russo, Vladimir Putin, e o presidente norte-americano, Donald Trump, ajude a estabelecer um diálogo de trabalho eficaz entre os dois líderes.

Tal diálogo é necessário entre Washington e Moscou para ajudar a resolver conflitos pelo mundo, disse o Kremlin.

O encontro, planejado para acontecer nos bastidores da cúpula do G20 em Hamburgo na sexta-feira, explorará se existe a possibilidade e a disposição para que os dois países combatam juntos o terrorismo internacional na Síria, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, a repórteres.

Ele disse que Putin também vai usar o que será seu primeiro encontro cara a cara com Trump para explicar o posicionamento de Moscou nos conflitos na Síria e Ucrânia.

Entretanto, ele disse que o formato do encontro pode significar que o líder russo não terá tempo suficiente para fornecer uma análise completa das causas do conflito na Ucrânia.

(Reportagem de Dmitry Solovyov)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters