Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

MADRI (Reuters) - O líder da Catalunha, Carles Puigdemont, disse nesta quinta-feira ter decidido não convocar uma eleição antecipada porque não obteve garantias suficientes do governo espanhol de que a medida impediria a imposição de um regime direto sobre a região.

"Eu estava pronto para convocar uma eleição se garantias tivessem sido dadas. Não há garantia que justifique a convocação de uma eleição hoje", disse Puigdemont.

O líder disse, também, que agora depende do Parlamento catalão avançar com um mandato para se separar do restante da Espanha, após um referendo de independência que aconteceu no dia 1º de outubro.

(Reportagem de Julien Toyer)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters