Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Líder norte-coreano Kim Jong Un comanda lançamento de míssil Hwasong-12 16/9/2017 KCNA via REUTERS

(reuters_tickers)

SEUL (Reuters) - O líder norte-coreano, Kim Jong Un, disse na sexta-feira (horário local) que seu país considerará a "contramedida linha dura de maior nível na história" contra os Estados Unidos, em resposta à ameaça do presidente dos EUA, Donald Trump, de "destruir totalmente" a Coreia do Norte.

Ao chamar Trump de "mentalmente perturbado" e seus comentários de "a declaração mais feroz de uma guerra na história", Kim disse que o discurso do norte-americano na ONU na terça-feira confirmou que o programa nuclear de Pyongyang está no "caminho correto".

"Suas declarações ... me convenceram, ao invés de me assustar ou me parar, de que o caminho que eu escolhi está correto e que é esse o que tenho que seguir até o final", disse Kim em declaração rara divulgada pela agência de notícias oficial KCNA.

"Como um homem que representa a RPDC e em nome da dignidade e da honra do meu Estado e do meu povo e por minha conta, farei com que o homem que tem a prerrogativa do comando supremo nos EUA pague caro por seu discurso", disse Kim, referindo-se ao nome oficial da Coreia do Norte, República Popular Democrática da Coreia.

(Reportagem de Christine Kim e Soyoung Kim)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters