Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Cartaz representando o líder de oposição venezuelano Leopoldo López 01/08/2017 REUTERS/Carlos Garcia Rawlins

(reuters_tickers)

CARACAS (Reuters) - O Tribunal Supremo de Justiça da Venezuela disse nesta terça-feira que revogou a prisão domiciliar dos líderes de oposição Leopoldo López e Antonio Ledezma e os mandou de volta para uma penitenciária porque ambos planejavam fugir.

Os dois líderes políticos foram levados de casa por agentes de segurança durante à noite, de acordo com familiares.

(Reportagem da Redação de Caracas)

Reuters