Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

LAGOS (Reuters) - Lagos resgistrou oito casos suspeitos de ebola, todos em pessoas que entraram em contato com a primeira vítima, morta no mês passado, disse o comissário de saúde nesta terça-feira, acrescentando que existe um caso confirmado.

Autoridades têm monitorado todos que tiveram contato próximo com Patrick Sawyer, um cidadão da Libéria e dos Estados Unidos que morreu por causa do ebola em Lagos no mês passado, pouco depois de desembarcar no aeroporto da cidade. O segundo caso foi confirmado em um médico que o tratou.

O comissário de saúde Jide Idris também disse que outras seis pessoas que tiveram contato com Sawyer se encontram em quarentena, mas não manifestavam sintomas.

(Reportagem de Oludare Mayowa; Texto de Tim Cocks)

Reuters