Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Candidata de extrema-direita à Presidência da França, Marine Le Pen. 19/04/2017 REUTERS/Robert Pratta

(reuters_tickers)

HENIN-BEAUMONT, França (Reuters) - A candidata presidencial francesa de extrema-direita, Marine Le Pen, lançou um ataque direto nesta segunda-feira contra o adversário Emmanuel Macron, de centro, um dia após os dois terem avançado para o segundo turno da eleição, chamando o concorrente de "fraco" ante o terrorismo islâmico.

"Eu estou nas ruas para encontrar o povo francês para chamar sua atenção para assuntos importantes, incluindo o terrorismo islâmico, para o qual no mínimo podemos dizer que o sr. Macron é fraco", disse Le Pen a repórteres.

"O sr. Macron não tem projeto para proteger o povo francês em face aos perigos islâmicos", disse Le Pen, acrescentando que o segundo turno contra Macron, em 7 de maio, será um referendo sobre a "globalização descontrolada".

(Reportagem de John Irish)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters