Reuters internacional

PARIS (Reuters) - A líder da extrema-direita francesa, Marine Le Pen, ganhou neste domingo um assento no parlamento da França, assim como seu parceiro Louis Aliot, mas dois de seus principais assessores ficaram de fora em uma noite em que o partido de seu rival, Emmanuel Macron, conseguiu ampla maioria.

Florian Philippot, seu braço direito na Frente Nacional (FN), não conseguiu ganhar o assento e Gilbert Collard, outro assessor principal e um dos dois únicos legisladores de extrema-direita no parlamento de 2012-2017, perdeu seu assento.

(Por Andrew Callus)

Reuters

 Reuters internacional