Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

WASHINGTON (Reuters) - O presidente do Comitê de Serviços das Forças Armadas da Câmara dos Representantes avaliou como baixo nesta segunda-feira um pedido de orçamento de Defesa do presidente Donald Trump estimado em 603 bilhões de dólares, em um sinal da disputa que virá pela frente entre os republicados e os democratas, que se opõem a cortar gastos não militares.

"Durante o curso da administração de Obama, nossos financiamentos das forças armadas foram cortados em 20 por cento, enquanto o mundo cresceu mais perigoso. Enquanto não podemos reparar todos os danos causados ​​por esses cortes em um único ano, podemos e devemos fazer mais do que esse nível de financiamento permitirá", afirmou o republicado Mac Thornberry em um comunicado.

"A administração terá que esclarecer quais problemas das nossas forças armadas ela está escolhendo não reparar", disse.

Não ficou imediatamente claro por que Thornberry falou sobre um montante de 603 bilhões de dólares.

(Reportagem de Patricia Zengerle)

Reuters