Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O México nomeou Geronimo Gutierrez, chefe do Banco de Desenvolvimento Norte-Americano, como novo embaixador nos Estados Unidos, informou o Ministério das Relações Exteriores do país nesta sexta-feira.

Gutierrez substituirá Carlos Sada, que ficará no posto de vice-ministro para relações norte-americanas, e assumirá o cargo no dia 23 de janeiro, após a posse do presidente eleito dos EUA, Donald Trump.

Atualmente Gutierrez comanda o banco de desenvolvimento estabelecido pelo Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta, na sigla em inglês), que Trump ameaçou desmantelar se não conseguir renegociações favoráveis aos EUA.

Ele ocupou cargos de alto escalão nos dois governos anteriores no México, comandados pelo hoje oposicionista Partido Ação Nacional (PAN), de centro-direita.

A indicação de Gutierrez, que precisa ser ratificada pelo Senado mexicano, sugere que o presidente Enrique Peña Nieto, do Partido Revolucionário Institucional (PRI), espera construir um apoio político-partidário amplo para enfrentar Trump.

"É uma mensagem de união nacional", disse Juan Carlos Romero Hicks, importante senador do PAN e membro do Comitê de Relações Exteriores do Senado.

Trump também tem ameaçado impor tarifas para produtos mexicanos e nesta sexta-feira o ministro da Economia do México disse que o país precisa estar preparado para responder imediatamente com suas próprias medidas tributárias se o governo Trump impor novos tributos.

(Reportagem de Michael O'Boyle)

Reuters