Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Presidente da França, Emmanuel Macron, durante coletiva de imprensa em Berlim, na Alemanha. 15/05/2017 REUTERS/Fabrizio Bensch

(reuters_tickers)

PARIS (Reuters) - O novo presidente da França, Emmanuel Macron, de centro, anunciou nesta quarta-feira os integrantes do primeiro escalão do governo, misturando uma variedade de tendências políticas para os principais cargos como parte de sua promessa de criar uma ponte entre a divisão direita-esquerda.

Já tendo escolhido o conservador Édouard Philippe, membro do partido conservador Os Republicanos, como primeiro-ministro no início dessa semana, Macron nomeou Bruno Le Maire, um político de direita pró-Europa, também do partido Os Republicanos, como seu ministro da Economia.

Para o cargo de ministro do Interior, o novo presidente escolheu Gérard Collomb, o atual prefeito de Lyon, que foi um dos primeiros socialistas a apoiar publicamente Macron.

Jean-Yves Le Drian, que era ministro da Defesa do governo socialista e amigo próximo do ex-presidente François Hollande, foi nomeado ministro de Relações Exteriores e ministro para a Europa.

Sylvie Goulard, uma parlamentar de centro da União Europeia, foi nomeada ministra da Defesa.

(Reportagem de Andrew Callus)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters