CARACAS (Reuters) - O presidente venezuelano, Nicolas Maduro, disse nesta sexta-feira que dois de seus enviados foram à Noruega nesta semana para começar a explorar um diálogo com a oposição para "construir uma agenda pacífica".

     A Venezuela mergulhou em uma profunda luta pelo poder em janeiro, quando o líder da oposição, Juan Guaidó, invocou a constituição do país para assumir uma presidência interina, argumentando que a reeleição de Maduro em 2018 foi ilegítima.

(Reportagem de Deisy Buitrago e Luc Cohen)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.