Reuters internacional

Por Steve Scherer

ROMA (Reuters) - Mais de 30 imigrantes, principalmente bebês, se afogaram nesta quarta-feira quando aproximadamente 200 pessoas sem coletes salva-vidas caíram de um bote na costa da Líbia antes de conseguirem ser pegos por navios de resgate.

O bote estava perto de um navio de resgate quando inclinou de repente fazendo com que muitos imigrantes caíssem no Mar Mediterrâneo, disse à Reuters o comandante da Guarda Costeira italiana Cosimo Nicastro. "Pelo menos 20 corpos mortos foram vistos na água", disse.

O grupo de resgate MOAS, que também tinha um barco nas redondezas, disse que já tinha recuperado mais de 30 corpos. "A maioria são bebês", disse o co-fundador do grupo, Chris Catrambone, no Twitter.

A Guarda Costeira chamou mais barcos para ajudar com o resgate, dizendo que aproximadamente 1.700 pessoas estavam abarrotadas em 15 navios na área.

Reuters

 Reuters internacional