Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Reuters) - Passados dois anos do início do segundo mandato do presidente norte-americano, Barack Obama, mais eleitores estão insatisfeitos com o modo como administra o país em tudo, da economia à política externa, e lhe deram as piores notas de um presidente dos Estados Unidos na era moderna, revelou uma pesquisa nesta quarta-feira.

Em uma sondagem com 1.446 eleitores registrados, 33 por cento disseram que Obama é o pior presidente do país desde o fim da Segunda Guerra Mundial, enquanto 28 por cento apontaram em primeiro lugar o seu antecessor, George W. Bush, de acordo com a pesquisa feita pela Universidade Quinnipiac.

Os eleitores se dividiram sobre qual dos dois últimos presidentes fez um melhor trabalho; 39 por cento disseram que Obama é melhor do que Bush, enquanto 40 por cento afirmaram que ele é pior.

A maioria dos eleitores disse que Ronald Reagan, que cumpriu dois mandatos nos anos 1980, foi o melhor presidente desde 1945, segundo apurou a pesquisa.

"Num raio de 69 anos da história americana e de 12 Presidências, o presidente Barack Obama está com o presidente George W. Bush no nível mais baixo em termos de popularidade", declarou o diretor-assistente da unidade de pesquisa da Universidade Quinnipiac, Tim Malloy.

Embora a taxa de aprovação a Obama tenha aumentado de 38 por cento em dezembro para 40 por cento, mais eleitores lhe deram notas negativas em áreas-chave: economia, relações exteriores, saúde e terrorismo, constatou a sondagem.

Na questão do meio ambiente, 50 por cento deram notas positivas a Obama.

A pesquisa foi feita por telefone entre 24 e 30 de junho e tem margem de erro de 2,6 pontos, para mais ou para menos.

(Reportagem de Susan Heavey

Reuters