Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

PEQUIM (Reuters) - A China espera poder trabalhar com os Estados Unidos para administrar e controlar disputas e problemas sensíveis, disse nesta sexta-feira o mais importante diplomata chinês, Yang Jiechi, ao assessor de Segurança Nacional do presidente Donald Trump, Michael Flynn.

O conselheiro estatal Yang, que é superior ao ministro das Relações Exteriores, disse a Flynn que os dois países possuem interesses comuns e grande potencial para cooperação, informou o Ministério das Relações Exteriores da China em comunicado após telefonema entre Yang e Flynn.

(Reportagem de Ben Blanchard)

Reuters