Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Iraquianos carregam retrato do iraquiano Nuri al-Maliki em protesto em apoio a ele em Bagdá. 11/08/2014 REUTERS/Ahmed Saad

(reuters_tickers)

BAGDÁ (Reuters) - O iraquiano Nuri al-Maliki disse nesta quarta-feira que a nomeação de Haider al-Abadi para substituí-lo como primeiro-ministro do país é uma "violação" da Constituição e "não tem validade".

Em discurso televisionado, Maliki disse que todos devem aceitar o veredicto de uma corte federal sobre a objeção apresentada por ele à nomeação de Abadi como novo premiê.

(Reportagem de Raheem Salman)

Reuters