Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

VALLETTA (Reuters) - O governo de Malta informou neste sábado que estava oferecendo recompensa de 1 milhão de euros (1,2 milhão de dólares) por informações dos responsáveis pela morte da jornalista Daphne Caruana Galizia.

"Este é um caso de extraordinária importância que requer medidas extraordinárias", informou o governo em comunicado.

O primeiro-ministro Joseph Muscat disse ao parlamento na quarta-feira que o governo ofereceria uma recompensa "substancial" a qualquer pessoa com informações sobre o crime, mas não disse o quanto seria pago.

Caruana Galizia, que criticou regularmente Muscat em seus populares blogs, foi morta na segunda-feira por uma bomba, que destruiu seu carro. A jornalista publicou um blog popular no qual destacou os casos de suposta corrupção envolvendo políticos de todas as partes, incluindo Muscat.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters